Maaya Sakamoto – Romashka (Tradução)

Maaya Sakamoto – Romashka

Camomila

a294fb02

Nota de tradução: Romashka é “Camomila” em russo.

Letra: Maaya Sakamoto
Composição: Maaya Sakamoto
Arranjo: Shin Kono

Alguma coisa parecia diferente no momento que abri a janela esta manhã
Acho que começou hoje
Enquanto corro pela beira do mar
Não quero estar presa a nada, assim como o vento do leste que sopra o meu cabelo

Me pergunto se é difícil mudar, quero mergulhar nisso
Coisas novas são assustadoras, mas é só porque eu não as conheço
O dia está brilhando então protejo meus olhos, há marcas de bronzeado deixadas pelo meu short
Tudo deveria ser o mesmo que ontem, mas algo mudou

Apesar de terem me avisado para estar aberta e preparada para conhecer novas pessoas
Estou feliz que você está aqui por mim
Vamos para a praia coberta de areia
Há mais sorrisos ao redor para duas pessoas ao invés de uma

Me pergunto se você ouviu eu soltar “isso é divertido”
Faz séculos que eu não corro dessa forma, quase perdendo os sapatos
Se “esperança” fosse visível me pergunto se eu seria capaz de reconhecer
Talvez esteja em todo lugar e todos sejam capazes de ver

As coisas eram comuns até ontem
Agora eu quero descobrir cada vez mais surpresas

Desde que você disse “você consegue”, eu me sinto assim
Me sinto um pouco mais livre porque você está aqui por mim
O céu que você apontou estava lindo com o som de um avião distante
É estranho como as coisas deveriam ser as mesmas que ontem, mas algo mudou

Advertisements

Maaya Sakamoto – Moonlight (mata wa “Kimi ga Nemuru Tame no Ongaku”)

Maaya Sakamoto –  Moonlight (mata wa “Kimi ga Nemuru Tame no Ongaku”)

Luz da Lua (ou “Música Para Coloca-lo Para Dormir”)

Maaya Sakamoto - Moonlight (mata wa “Kimi ga Nemuru Tame no Ongaku”)Luz da Lua (ou “Música Para Coloca-lo Para Dormir”) (You Can’t Catch Me Album)“Notas da Maaya: Takashi Horigome-san e Keiichi Tomita-san. Estive ansiosa por aqueles dois concedendo...

Notas da Maaya: Takashi Horigome-san e Keiichi Tomita-san. Estive ansiosa por aqueles dois concedendo meu desejo de tê-los marcando meu trabalho – sem chance! Parece uma canção de ninar, mas a verdade é que a mensagem é direcionada para todas as gerações mais jovens que a minha.

Letra: Maaya Sakamoto
Composição: Takaki Horigome
Arranjo: Keiichi Tomita

Até você se tornar adulto, o futuro vai ser como é
Não há ninguém que possa te dizer o que você quer saber, me desculpe
A luz da lua acerta sua janela
Maravilhas sem limites esperam por você
Agora feche seus olhos, boa noite

Quando você se apaixonar, as palavras morrem totalmente
Apenas um beijo leve pode explicar os mistérios do universo, isso é certo
A luz da lua que não se apressa
Vai lhe mandar uma voz para o seu amor que você ainda não conheceu
Antes mesmo de vocês se conhecerem, adeus

Com o vento soprando e balançando seu cabelo,
Uma lágrimas triste caiu além de uma galáxia distante

Antes que você se torne um adulto, isso é certo
A luz da luz que acerta a janela
Vai abrir seus olhos para as maravilhas ilimitadas dentro de você
Por agora, uma boa noite silenciosa
Acontecimentos magníficos
E amanhãs seguros
Estão vindo para você que está sozinho
Então até lá, boa noite

Maaya Sakamoto – Mirai Chizu

Maaya Sakamoto –  Mirai Chizu

Mapa do Futuro

tumblr_nqo9j387BC1uyap7po1_500

Notas da Maaya: Com a imagem de “homem entre homens” que Magokoro Brothers tinham, essa música é a mais surpreendente. Super feminina, mas com rock, claro, sua raíz é cheia de elementos também. Mesmo a letra tenho um gosto que eu não traria, é estimulante.

Letra: Hidetoshi Sakurai
Composição: Hidetoshi Sakurai
Arranjo: Hidetoshi Sakurai

Eu acho eu não sei se eu tentar bastante
Eu acho que paz de espírito não existe

Meus sentimentos correm, meu coração está agitado, por sua causa
Eu sou a única que está gradativamente mudando, gradativamente mudando

Eu minto até sobre querer segurar suas mãos balançando,
Até sobre as lágrimas e sorrisos que escapam e caem,
Até sobre querer estar junto
Eu te amo, me desculpe
Obrigada, quero estar ao seu lado
Acho que sou egoísta
Ainda tem amor no meu coração

Mesmo que eu encare o certo na luz, esperando que muda
Mesmo que eu faça um barulho engraçado quando estiver bebendo

Meu batimentos cardíacos choram seduzidos pelo amor, onde você está?
Esses dias tristes gradativamente vão embora, gradativamente vão embora

O adeus agora é um velho conto
Nos apressamos para direcionar nossos olhares para o que vai nos deslumbrar!
Nos olhamos e algo falta
Me diga, isso significa que o fim chegou?

Meus sentimentos correm, meu coração está agitado, por sua causa
O mapa do futuro está gradativamente mudando, gradativamente mudando

Eu minto até sobre querer segurar suas mãos balançando,
Até sobre as lágrimas e sorrisos que escapam e caem,
Até sobre querer estar junto
É amargo, hein? Desculpe
Eu quero você amanhã também
Acho que isso pode ser egoísta
Ainda assim há amor como um sonho

Maaya Sakamoto – Stand up, girls!

Maaya Sakamoto –  Stand up, girls!

Levantem, meninas!

tumblr_nqo9j387BC1uyap7po1_500

Notas da Maaya: Queria fazer uma música de garotas para garotas, então pedi à Shouko Suzuki-san sem hesitar. É uma música muito divertida e brincalhona. “Vamos seguir adiante!” Esse foi o sentimento no qual foi inspirada, talvez.

Letra: Maaya Sakamoto
Composição: Shouko Suzuki
Arranjo: Shouko Suzuki

Levantem, meninas! Vamos olhar adiante!
Depois de chorarmos, chorarmos e chorarmos
Levantem, meninas! Levantando nossos cílios
Todos, todos olharão para trás
Levantem, meninas!

Quem é você no espelho?
Parece o fim do mundo

Não adianta chorar sobre o leite derramado
Não vai adiantar nada, não importa o quanto você pense sobre isso
Não importa o quão carrancuda você fique, não é bonito
Então nós rimos
É assim que as garotas são

Eu quero!
Sim, nós queremos!

Levantem, meninas! Vamos olhar adiante!
Depois de chorarmos, chorarmos e chorarmos
Levantem, meninas! Levantando nossos cílios
Todos, todos olharão para trás
Levantem, meninas!

Trabalhe sua magia com um suspiro
Se transforme em uma bolha de sabão e voe

Vamos esquecer as tristezas
Vamos esquecê-las no meio de comidas deliciosas

Aquele que queremos aqui não está do nosso lado
Não há como conseguir dinheiro apenas ficando ocupado
A justiça não vence necessariamente
Então nós rimos
É assim que as garotas
É assim que as garotas são

Levantem, meninas! Vamos para o que vier a seguir
Não importa quantas, quantas vezes caírmos
Levantem, meninas! Com a mão na cintura
Vamos brilhar mais e mais

Levantem, meninas! Vamos olhar adiante!
Depois de chorarmos, chorarmos e chorarmos
Levantem, meninas! Levantando nossos cílios
Todos, todos olharão para trás
Levantem, meninas!

Levantem, meninas! Vamos para o que vier a seguir
Não importa quantas, quantas vezes caírmos
Levantem, meninas! Com a mão na cintura
Vamos brilhar mais e mais
Levantem, meninas!

Maaya Sakamoto – Mizuumi

Maaya Sakamoto –  Mizuumi

Lago

tumblr_nqo9j387BC1uyap7po1_500

Notas da Maaya: Isto é, a qualquer custo, o último coro trabalhado. Como um desenvolvimento inesperado está esperando o final, Kaori Kano-san realmente confiou em minha voz. Eu realmente goste do sentimento de coisas lindas e intensas sendo misturas.

Letra: Maaya Sakamoto
Composição: Kaori Kano
Arranjo: Kaori Kano

Ei, não é bonito o inverno e a noite ficando transparentes?
Ei, qual é o nome daquela ponte?
Oh, aquele avião
Oh, está voando tão distante

O odor de janeiro, a forma da fileira de construções
Olhando para as mesmas coisas você está pensando em alguém

Oh, quando nos apaixonamos o mundo inteiro deveria brilhar
Oh, eu não sei se lá há um lugar mais distante que o adeus

Nós devemos ir para casa já? Você se virou
Oh, mas eu queria que nevasse

Sem nenhum pressentimento, preocupações ou esperanças
Sozinha sussurrei seu nome para o céu noturno

Sim, aquilo no meio foi um começo tão quieto quanto um lago
Oh, eu pensei que queria proteger alguém pela primeira vez
Oh, quando nos apaixonamos o mundo inteiro deveria brilhar
Oh, eu não sei se lá há um lugar mais distante que o adeus você sorriu
Você sorriu

Maaya Sakamoto – Zero To Ichi

Maaya Sakamoto –  Zero To Ichi

Zeros e Uns

tumblr_nqo9j387BC1uyap7po1_500

Notas da Maaya: Do meu jeito, achei que Sukima Switch-san acertou a minha aura. Com Masato Ishinari-san que tocou a guitarra em minhas duas turnês e o arranjo romântico e levemente enigmático de Sukima-san, nós fomos capazes de terminar suavemente.

Letra: Shintaro Tokita
Composição: Shintaro Tokita
Arranjo: Masato Ishinari

Eu sinto, eu me encorajo para conversar, mas hesito
Eu decido, eu chamo, eu escuto sua voz

Pulando por muitas cidades adormecidas

Nossas vozes se entrelaçam, confiando sentimentos que não podem atender aos zeros e uns
Me curvando para baixo, eu olho para cima
A noite fora da janela parece triste olhando para me

Eu pulo, eu rio, eu choro um pouco
Eu converso, converso, te abraço apertado por fim

Com palavras, a fim de aprisionar o fim de hoje

Embora nós dois evitemos apenas o que não deveria ser dito
A conversa para abruptamente, eu sussuro “sinto sua falta”
Como se mergulhassemos em uma brecha aberta por um instante

“Todo esse tempo que não pudemos nos ver deixou nosso amor mais forte”
É uma grande mentira, eu quero tocar

Nossas vozes continuam transmitindo, confiando sentimento que não podem atender aos zeros e uns
Me curvando para baixo, eu olho para cima
A noite fora da janela parece triste olhando para me

Eu sinto, eu me encorajo para um tímido adeus

Maaya Sakamoto – Kimi No Sei

Maaya Sakamoto – Kimi No Sei

Sua Culpa

tumblr_nqo9j387BC1uyap7po1_500

Notas da Maaya: Pensei que as músicas de Suneohair tinham uma perspectiva que funcionavam precisamente por causa de sua voz e músicas, então uma imagem traduzida para minha voz não iria funcionar. Mas se encaixou melhor do que eu poderia pensar e foi fácil de cantar! Foi muito divertido trabalhar junto, combinando Suneo-san e combinando comigo.

Letra: Kenji Watanabe
Composição: Kenji Watanabe
Arranjo: Suneohair

Minha alma continua a brilhar
Tenho medo de me enganar
Pegue tudo o que puder
Antes que acabe

A dica é sempre começar do mesmo ponto
Pressionado contra a minha pele fria, como se fosse óbvio
No fim, sempre enrolados no mesmo lugar,
Sinto em meu sono leve a respiração ficando mais lenta

É tudo culpa do vento? Ou é sua culpa?
Não consigo colocar nem mesmo em palavras
Mas eu sei, por mais que eu machuque os meus sentimentos
Que eu desejo você fora de mim,
Nós não podemos voltar mais

Minha alma continua a brilhar
Tenho medo de me enganar
Pegue tudo o que puder
Antes que acabe

A dica é sempre começar o mesmo ponto
Envolvendo meus corpo com palavras frias como se fosse o óbvio
O dia-a-dia acelerado, a interserção inconsciente
Me sinto cair sem mesmo um som; egoísta, me disperso

É tudo culpa do vento? Ou é sua culpa?
Nada mais me afeta
Quando nós aceitarmos esses sentimentos quase transparentes
Cuidadosamente, cuidadosamente reunidos,
Essa será a chave do amanhã para nós dois

Vamos ter certeza do seguinte
As coisas feias
As coisas intocáveis
E esse momento, devem ser guardados

O que eu seguro com essas mãos
Não é nada além de coisas quebráveis
Me trate gentilmente, gentilmente
Não me quebre de novo

Minha alma continua a brilhar
Eu não esquecerei o calor
Pegue tudo o que puder
Antes que acabe

Maaya Sakamoto – Utsukushii Hito

Maaya Sakamoto –  Utsukushii Hito

Linda Pessoa

utsukushiihito.jpg

Notas da Maaya: Essa música foi feita para a Expo Shanghai eviar para a China com uma distribuição limitada. Então eu pus para fora essa música majestosa, meio oriental, mais uma vez nesses muitos anos desde minha estréia. Achei que seria importante implementar isso mais uma vez.

Nota: “Utsukushii Hito” foi o primeiro single digital lançado pela Maaya Sakamoto. A música foi tema para o Proketo Kentoushi Fune Saigen, uma colaboração cultural entre o Japão e a China. 

Letra: Maaya Sakamoto
Composição: Yoko Kanno
Arranjo: Yoko Kanno

Se você ouvir minha voz, oh pássaro passageiro,
Me guie até o lugar longíquo de que me lembro

O oceano ressoa, por favor deixe meu coração se livrar do medo
Cante para mim, na língua do lugar onde você nasceu

Minha linda pessoa, se olhar dentro dos meus olhos, minha linda pessoa
Você verá nos seus olhos, a mesma chama de esperança acesa

As flores daquela terra que ainda não podemos ver são como o som de sinos tocando
Oh minha saudade bate as asas e voa com a brisa do oeste

Coloque sua mão sobre a minha e sinta o batimento de nossos corações
Me diga, o que é que nos separa?

Meu querido, quando o tempo chegar, meu querido
Na luz, a solidão derreterá em uma abraço caloroso

Oh, pássaro passageiro, me mostre o caminho se você ouvir a minha voz
Através da névoa, da noite, da tempestante, meu amor não pode ser tomado
Então as pessoas podem se entender assim como o pássaros voam sobre os oceanos
Guie-nos até o lugar longíquo que nos lembramos

Quero ser tocada por você, oh saudade, me abrace

Meus sentimentos podem alcanca-lo na língua da lugar onde você nasceu
Minha linda pessoa, eu te amo, minha linda pessoa
Minha linda pessoa, eu te amo, minha linda pessoa

Maaya Sakamoto – DOWN TOWN

Maaya Sakamoto – DOWN TOWN

Centro da Cidade

Letra: Ginji Itou
Composição: Tatsuro Yamashita
Arranjo: Takayuki Hattori

O vento está um pouco frio
E um crepúsculo colorido está chegando
Sábado a noite é um dia ocupado

Os cantos das ruas está sempre com o calor das pessoas
E essa cidade alegre
Está sempre bem vestida

Mesmo os sentimentos sombrios
Desaparecerão logo
Todos estão animados

Vamos para o centro da cidade
Vamos para o centro da cidade
Vamos para o centro da cidade

Até um romance de uma noite, que
desaparece como bolhas de sabão, será divertido de novo
A noite começa aqui

Mesmo os sentimentos sombrios
Desaparecerão logo
Todos estão animados

Vamos para o centro da cidade
Vamos para o centro da cidade
Vamos para o centro da cidade

Vamos para o centro da cidade
Vamos para o centro da cidade
Vamos para o centro da cidade

Vamos para o centro da cidade
Vamos para o centro da cidade
Vamos para o centro da cidade

Maaya Sakamoto – Himitsu

Maaya Sakamoto – Himitsu

Segredo

Letra: Maaya Sakamoto
Composição: Jun Shibata
Arranjo: Zentaro Watanabe

Não sei o que fazer com a liberdade
Que se mostra diante dos meus olhos, me sinto perdida
A luz mais adiante
Ah, é tão brilhante

Hoje em dia eu tenho o hábito de dizer “eu estou bem”
Assim consigo aguentar quase todas coisas
Isso é o que as pessoas chama de ser forte?
Ah, hipócritas

Onde a luz do semáforo se torna verde
Eu percebo minha própria raiva

Eu tenho um segredo
Que ninguém sabe
Eu resisto à dor
O quão longe eu posso levar isso?

Tenho medo do fim antes mesmo de começar
E conto apenas as coisas que perdi
Sou a única a ser tão gananciosa?
Ah, ou…

Estou cansada de ser a pessoa
Que sorri para fingir ser doce

Com minhas mãos frias
Eu jogo fora meus desejos sem graça
E emoções frias
Que caíram e se quebraram em pequenos pedaços

Tem um lugar pacífico dentro de mim
Que ninguém sabe
Que ninguém pode tocar

Eu tenho um segredo
Que ninguém sabe
Eu resisto à dor
O quão longe eu posso levar isso?