Entrevista “Maaya x CLAMP” para o folheto 0331 traduzida (Parte 3)

entrevistaclamp

O que você procura em um namorado?

Ohkawa: Ok, eu perguntarei isso… quais são as três coisas que você procura em um namorado?

Sakamoto: O que… eu gostaria de ouvir suas respostas antes.

Ohkawa: Não, você primeiro. (risos)

Sakamoto (depois de pausa para pensar): Primeiro, nossas preferências sobre comida precisam combinar. Ele também deve ser independente. E em terceiro acho que ele deveria ser bondoso.

Ohkawa: Então vamos supor que dois homens encaixam perfeitamente nessas três condições. O que será o desempate?

Sakamoto: … Salário.

Ohkawa: Então essa é a chave para você se apaixonar por um rapaz.

Todas: (Risos altos)

Nekoi: Seus fãs devem tentar bastante e acho eles devem trabalhar até a exaustão por uma chance de namorar Maaya Sakamoto.

Sakamoto: Oh, eu não posso. Quando me casar no futuro, eu realmente não quero todos se perguntando sobre quanto meu marido ganha. (risos)

Nekoi: O tipo de homem que você se apaixona muda ao passar dos anos, então um dia você pode ter respostas diferentes. Além do mais, você sempre pode ganhar o suficiente para fazer o salário do seu marido irrelevante.

Sakamoto: Qual é a resposta de todas vocês para essa questão?

Mokona: No meu caso, alguém com quem eu possa conversar, alguém que sempre me perdoe e alguém com que consegue manter um emprego estável são minhas três condições, e a última é a aparência.

Igarashi: Mas você não quer dizer um tipo bonitão. Eu sei que você adora o artista marcial, Nobuaki Kakuda.

1822802-369_l.jpg
Nobuaki Kakuda

Sakamoto: Então você quer dizer um tipo mais musculoso?

Mokona: Mais que musculoso, alguém com um caráter forte. Eu gosto de homens interessante e que tenham uma gama de gostos variados.

Sakamoto: E você, Igarashi-san?

Igarashi: Alguém que come direito, alguém com quem eu possa me divertir e alguém esguio.

Ohkawa: Basicamente você gosta de homens magros, não é?

Igarashi: Não consegui pensar numa resposta para a última pergunta e acabei voltando para alguém que come corretamente. Eu gosto de comer e eu acho que dividir uma refeição juntos é uma parte básica do namoro e da vida diária. Então eu não quero ficar enojada quando estou comendo.

Sakamoto: Eu não aguento alguém que reage do mesmo jeito para qualquer comida.

Ohkawa: Nekoi-san, qual é o seu tipo mesmo?

Nekoi: Princípios parecidos, gentil, não ter cabeça-quente. E por último alguém que eu posso respeitar.

Ohkawa: Essas são ótimas respostas.

Sakamoto: Definitivamente – gostei dessas.

Ohkawa: Sim, mas “salário” é melhor pelo fator comédia. (risos)

Mokona: Você é a filha mais velha, então não consegue evitar ser detalhista.

Nekoi: Mas desde que você estabeleceu uma meta fácil de assimilar, eu posso esperar que os homens fiquem empolgados. (risos)

Ohkawa: Mas a ideia não é que Maaya baseia sua decisão numa quantidade, mas sim sobre se essa pessoa tem um emprego adequado. Ele recebe o salário porque é valorizado em sua posição.

Nekoi: Eu espero que eles se empolguem sobre isso também. (risos)

Sakamoto: Peço desculpas por arrastarem vocês comigo nesse tópico (risos)… Ohkawa-san, e você?

Ohkawa: Por exemplo, se estamos comendo com todos, alguém que não derrame minha bebida primeiro. Se estou comendo com você e meu namorado, eu não posso aceita se ele encher meu copo primeiro. (risos)

Igarashi: Afinal, Maaya é nossa convidada, não é?

Ohkawa: Certo, mas não é fácil para os homens pegarem o jeito.

Sakamoto: Hmm, nunca pensei sobre isso antes.

Ohkawa: E em segundo, alguém que não depende de mim financeiramente.

Sakamoto: Não pode deixar isso de fora. (risos)

Ohkawa: Em terceiro alguém com um emprego inesperado. Por exemplo, alguém que faz artigos de laca * ou um carpinteiro. O tipo de emprego que faz as pessoas se perguntarem sobre o trabalho… dada contra colarinhos brancos, mas nossas agendas não iam combinar. Mas provavelmente você não poderia namorar um homem assalariado também, certo? Quando está ocupada atuando ou gravando você não pode ter alguém que explode porque você não pode lhe dar atenção. Não é como se você pudesse responder o celular quando está no estúdio.

Sakamoto: Isso é verdade.

Igarashi: Então tem vezes que você sai em turnê e não volta por três meses.

Sakamoto: Ou eu vou numa viagem de um mês sozinha. (risos)

Ohkawa: Alguém com uma linha trabalho diferente não ficaria zangado com a minha linha de trabalho diferente… então minha última resposta será a mesma que a minha terceira: Alguém com um trabalho diferente.

Sakamoto: Hmm, isso é fascinante.

*: A laca é incrustação resinosa, produzida em certas árvores, resultante da secreção de insectos, como coccus lacca, encontrados em países do oriente como a Índia e a China. (Fonte: Wikipédia)

Parte 2 – Parte 4

 

Advertisements